sábado, 30 de maio de 2020

MÁRIO LAGO

Mário Lago nasceu no Rio de Janeiro no dia 26 de novembro de 1911 e morreu no Rio de Janeiro no dia 30 de maio de 2002 aos 90 anos e hoje registramos 18 anos da sua morte. Importante advogado, poeta, radialista, compositor e ator brasileiro.
Autor de sambas populares como "Ai, que saudades da Amélia" e "Atire a primeira pedra", ambos em parceria com Ataulfo Alves (1909-1969), fez-se popular entre as décadas de 40 e 50. Filho do maestro Antônio Lago (1887-1948) e de Francisca Maria Vicencia Croccia Lago (?), e neto do anarquista e flautista italiano Giuseppe Croccia(?) formou-se em Direito pela Universidade do Brasil, em 1933, tendo nesta época se tornado marxista. A opção pelas idéias comunistas fizeram com que fosse preso em sete ocasiões - 1932, 1941, 1946, 1949, 1952, 1964 e 1969.


MÁRIO LAGO

VOLTAIRE

François Marie Arouet, mais conhecido como Voltaire nasceu em Paris (França) no dia 21 de novembro de 1694 e morreu em Paris no dia 30 de maio de 1778 aos 83 anos e hoje comemoramos 242 do seu falecimento. Importante escritor, ensaísta, deísta ( posição filosófica naturalista que acredita na criação do universo por uma inteligência superior (que pode ser Deus, ou não), e filósofo iluminista francês. Conhecido pela sua perspicácia e espirituosidade na defesa das liberdades civis, inclusive liberdade religiosa e livre comércio. É uma dentre muitas figuras do Iluminismo cujas obras e ideias influenciaram pensadores importantes tanto da Revolução Francesa quanto da Revolução Americana. Escritor prolífico, Voltaire produziu cerca de 70 obras em quase todas as formas literárias, assinando peças de teatro, poemas, romances, ensaios, obras científicas e históricas, mais de 20 mil cartas e mais de 2 mil livros e panfletos.


FRANÇOIS MARIE AROUET
VOLTAIRE

LORENA FILATELIA: FRANÇOIS MARIE AROUNET - VOLTAIRE


FRANÇOIS MARIE AROUET
VOLTAIRE

LORENA FILATELIA: FRANÇOIS MARIE AROUET - VOLTAIRE

FRANÇOIS MARIE AROUET

VOLTAIRE



FRANÇOIS MARIE AROUET

VOLTAIRE

JOANA D'ARC

Joana d'Arc nasceu no ano de 1412 e morreu no dia 30 de maio de 1431 aos 19 anos e hoje registramos 589 anos da sua morte. Joana d'Arc era cognominada "A Donzela de Orléans" e também conhecida como "Joana d'Arc, a ruiva" importante heroína francesa e santa da Igreja Católica. É a santa padroeira da França e foi uma chefe militar da Guerra dos Cem Anos, durante a qual tomou partido pelos armagnacs, na longa luta contra os borguinhões e seus aliados ingleses. Foi executada pelos borguinhões em 1431. Camponesa, modesta e analfabeta, foi uma mártir francesa e também heroína de seu povo, canonizada em 1920, pelo Papa Bento XV (1854-1922), quase cinco séculos depois de ter sido queimada viva em um auto de fé. Em 1922 foi declarada padroeira de França.


JOANA D'ARC




JOANA D'ARC



JOANA D'ARC - MONUMENTO NACIONAL


JOANA D'ARC


======================================================================
"Felicidade é encontrar a saída e querer ficar."
======================================================================


======================================================================
MEMORÁBILIA FILATÉLICO/NUMISMÁTICO


======================================================================

sexta-feira, 29 de maio de 2020

ROMY SCHNEIDER

Romy Schneider, nome artístico de Rosemarie Magdalena Albach nasceu em Viena (Áustria) no dia 23 de setembro de 1938 e morreu em Paris, 29 de maio de 1982 aos 43 anos e hoje registramos 38 anos da sua morte. Importante atriz austríaca que atuou no cinema europeu, especialmente no francês. Romy Schneider era filha dos atores Magda Schneider (1909-1996) e Wolf Albach-Retty (1906-1967), e muito bonita desde pequena. Com uma pele rosada e olhos azuis, Romy chamava muita atenção, mas só estreou no cinema aos catorze anos, no filme "Quando Voltam a Florescer os Lilases", ao lado da mãe, que controlou sua carreira até que ela se casou pela primeira vez.
Prêmio César -
1976 "Melhor Atriz", L'important c'est d'aimer
1979 "Melhor Atriz", Une histoire simple
1977 "Melhor Atriz", Une femme à sa fenêtre (1976)
1980 "Melhor Atriz", Clair de femme (1979)
1983 "Melhor Atriz", La passante du Sans-Souci (1982)
Prêmio David di Donatello -
1979 Por toda sua carreira com menção particular a sua performance em Une histoire simple
German Film Awards -
1977 Outstanding Individual Achievement: Atriz, Gruppenbild mit Dame
Globo de Ouro -
1964 Melhor Atriz (filme dramático), The Cardinal
Prêmio Sant Jordi -
1982 Melhor atuação em filme estrangeiro, Fantasma d'amore
Também por Ludwig (1972) e La mort en direct (1980)


ROMY SCHNEIDER


ROMY SCHNEIDER

BOB HOPE

Bob Hope, nome artístico de Leslie Townes Hope nasceu em Londres (Inglaterra) no dia 29 de maio de 1903 e morreu em Los Angeles (USA) no dia 27 de julho de 2003 aos 100 anos e comemoramos 117 anos do seu nascimento. Importante comediante dos Estados Unidos. Formou na década de 1940, ao lado do cantor e ator Bing Crosby (1903-1977), uma das mais famosas e influentes duplas cômicas do cinema. No seu centenário foi declarado "Dia Bob Hope" em 35 estados americanos. Mesmo aos 100 anos, Bob Hope manteve seu auto-depreciativo senso de humor, satirizando, "Eu sou tão velho, que já cancelou o meu tipo de sangue ." Ele se converteu ao catolicismo romano tarde na vida.
Faleceu aos 100 anos de idade de pneumonia. Foi sepultado no Bob Hope Memorial Garden, San Fernando Mission Cemetery, Los Angeles no Estados Unidos. Bob Hope foi premiado com mais de dois mil títulos e prêmios, incluindo 54 doutorados honorários. Em 1998 ele foi nomeado Comandante Cavaleiro Honorário da Ordem do Império Britânicopela Rainha Elizabeth II (1926).  Embora ele nunca tenha sido nomeado para um Oscar competitivo, Bob Hope foi premiado com cinco prêmios honorários pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas :
13ª Academy Awards (1940): prêmio especial - em reconhecimento dos seus serviços altruístas para a indústria cinematográfica
17o Academy Awards (1944): prêmio especial - por seus muitos serviços à Academia
25o Academy Awards (1952): Prêmio Honorário - por sua contribuição para o riso do mundo, o seu serviço para a indústria cinematográfica, e sua devoção à premissa Americana
32ª Academy Awards (1959): Prêmio Humanitário Jean Hersholt
38th Academy Awards (1965): Honorary Award - para o serviço exclusivo e diferenciado para a indústria e a Academia



BOB HOPE




BING CROSBY

MARY PICKFORD

Gladys Marie Smith, mais conhecida pelo nome artístico de Mary Pickford nasceu em Toronto (Canada) no dia 8 de abril de 1892 e morreu em Santa Mônica (USA) no dia 29 de maio de 1979 aos 87 anos e hoje registramos 41 anos da sua morte. Importante atriz e produtora canadense radicada nos Estados Unidos. Conhecido como a "Queridinha da América", "Pequena Mary" e "A moça com os cachos", ela foi um dos pioneiros do Canadá no começo de Hollywood e uma figura importante no desenvolvimento dos filme de ação. Mary Pickford recebe o Oscar de Melhor Atriz Principal por Coquette em 1930 e em 1976 o Prêmio Oscar Honorário em reconhecimento de suas contribuições à indústria e ao desenvolvimento artístico dos filmes.
O American Film Institute elegeu Mary Pickford como a 24° Lenda Feminina do Cinema Americano.




MARY PICKFORD



======================================================================
MEMORÁBILIA FILATÉLICO/NUMISMÁTICO


======================================================================

quinta-feira, 28 de maio de 2020

ANNE BRONTË

Anne Brontë nasceu em Thornton (Inglaterra) no dia 17 de janeiro de 1820 e morreu em Scarborough (Inglaterra) no dia 28 de maio de 1849 aos 29 anos e hoje registramos 171 anos da sua morte. Importante poetisa e romancista britânica, a mais jovem da família literária Brontë. Ela usava o pseudônimo Acton Bell. Anne é a mais nova das três irmãs Brontë, todas escritoras famosas. Anne Brontë, Emily Brontë (1818-1848) e Charlotte Brontë (1816-1855) morreram relativamente cedo, todas vítimadas pela tuberculose. As três adotaram pseudônimos em suas carreiras. Charlotte, a mais velha, assinava suas obras com o nome de "Currer". Emily, autora de "Wuthering Heights (O morro dos ventos uivantes)" usava o nome de "Ellis" e Anne, "Acton Bell". Legou obras como "A Inquilina de Wildfell Hall (The Tenant of Wildfell Hall)" e "Agnes Grey.


EMILY BRONTË - (ELLIS)



CHARLOTTE BRONTË (JANE EYRE)


CHARLOTTE BRONTË (JANE EYRE)