quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

CHIQUINHA GONZAGA

Francisca Edwiges Neves Gonzaga, mais conhecida como Chiquinha Gonzaga nasceu no Rio de Janeiro no dia 17 de outubro de 1847 e morreu no Rio de Janeiro no dia 28 de fevereiro de 1935. Grande compositora, pianista e regente brasileira.
Foi a primeira chorona, primeira pianista de choro, autora da primeira marcha carnavalesca ("Ô Abre Alas", 1899) e também a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil. No Passeio Público do Rio de Janeiro, há uma herma em sua homenagem, obra do escultor Honório Peçanha. Em maio de 2012 foi sancionada a Lei 12.624 que instituiu o Dia Nacional da Música Popular Brasileira, a ser comemorado no dia de seu aniversário.
Era filha de José Basileu Gonzaga, general do Exército Imperial Brasileiro e de Rosa Maria Neves de Lima, uma negra muito humilde. Apesar de opiniões contrárias da família, casou-se após o nascimento da menina Francisca. Chiquinha Gonzaga foi educada numa família de pretensões aristocráticas (seu padrinho era Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias). Ela conviveu bastante com a rígida família do seu pai. Fez seus estudos normais com o Cônego Trindade, um dos melhores professores da época, e musicais com o Maestro Lobo, um fenômeno da música. Desde cedo, frequentava rodas de lundu, umbigada e outros ritmos oriundos da África, pois nesses encontros buscava sua identificação musical com os ritmos populares que vinham das rodas dos escravos.
CHIQUINHA GONZAGA

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

PAVLOV

Ivan Petrovich Pavlov nasceu em Ryazan(Rússia) no dia 26 de Setembro de 1849 e morreu em Leningrado(Rússia) no dia 27 de Fevereiro de 1936. Importante fisiólogo russo.
Foi premiado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1904, por suas descobertas sobre os processos digestivos de animais. Ivan Pavlov veio no entanto a entrar para a história por sua pesquisa em um campo que se apresentou a ele quase que por acaso: o papel do condicionamento na psicologia do comportamento (reflexo condicionado).
Na década de 1920, ao estudar a produção de saliva em cães expostos a diversos tipos de estímulos palatares, Pavlov percebeu que com o tempo a salivação passava a ocorrer diante de situações e estímulos que anteriormente não causavam tal comportamento (como por exemplo o som dos passos de seu assistente ou a apresentação da tigela de alimento). Curioso, realizou experimentos em situações controladas de laboratório e, com base nessas observações, teorizou e enunciou o mecanismo do condicionamento clássico.


Ivan Petrovich Pavlov
em russo: Иван Петрович Павлов

Ivan Petrovich Pavlov
em russo: Иван Петрович Павлов

ARQUEÓLOGOS ACHAM MOEDAS DOS SÉCULOS 15 E 16

Arqueólogos holandeses encontraram 477 moedas de prata - que datam do século 16, na sua maioria - no interior de um sapato enterrado na Prefeitura de Roterdã, cidade na Holanda, informa o site Dutchnews.
De acordo com dados fornecidos pelos técnicos responsáveis pela escavação, o tesouro escondido conta com uma grande variedade de moedas de prata, que vai desde a mais antiga, de 1472, à mais recente, de 1592.
O prefeito Ahmed Aboutaleb confirmou que a descoberta foi feita quando o escritório municipal elaborou um estudo arqueológico. Ele se mostrou surpreso com a descoberta e disse que "nunca antes um grupo de arqueólogos tinha descoberto um sapato recheado de dinheiro".
Não foi divulgado um número aproximado do valor das moedas encontradas, porém estimaram que poderia atingir "alguns milhares de euros". Segundo os arqueólogos, a primeira hipótese aponta que o dono do sapato teria escondido as moedas no subsolo da prefeitura para protegê-las durante a Guerra dos Oitenta Anos, que ocorreu entre 1568 e 1648, informou o site holandês de notícias.

MOEDAS ACHADAS DENTRO DE SAPATO

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

VENCESLAU BRÁS

Venceslau Brás Pereira Gomes nasceu em   Brasópolis(MG) no dia 26 de fevereiro de 1868 e morreu em Itajubá(MG) no dia 15 de maio de 1966. Advogado e político brasileiro; presidente do Brasil entre 1914 e 1918, com um pequeno afastamento de um mês em 1917 por motivo de doença. Seu vice-presidente foi Urbano Santos da Costa Araújo. Morreu  em Itajubá, com 98 anos, sendo o mais longevo de todos os presidentes brasileiros e o político que permaneceu mais tempo na condição de ex-presidente da república. É homenageado por meio de três cidades, uma em Minas Gerais, Venceslau Brás, outra no Paraná, Venceslau Brás, e outra em São Paulo, Presidente Venceslau.

VENCESLAU BRÁS
EMISSÃO DE 11-4-1919
PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL
15-11-1914 a 15-11-1918


VENCESLAU BRÁS
EMISSÃO DE 22-2-1928
COM SOBREESTAMPA DOS NOVOS VALORES
PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL
15-11-1914 a 15-11-1918


VENCESLAU BRÁS
CENTENÁRIO DE NASCIMENTO
PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL
15-11-1914 a 15-11-1918



segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

MÁRIO DE ANDRADE

Mário Raul de Morais Andrade nasceu em São Paulo no dia 9 de outubro de 1893 e morreu em  São Paulo no dia 25 de fevereiro de 1945. Grande intelectual brasileiro foi um poeta, romancista, musicólogo, historiador, crítico de arte e fotógrafo . Um dos fundadores do modernismo brasileiro, ele praticamente criou a poesia moderna brasileira com a publicação de seu livro Paulicéia Desvairada em 1922. Mário de Andrade exerceu uma influência enorme na literatura moderna brasileira e, como ensaísta e estudioso—foi um pioneiro do campo da etnomusicologia—sua influência transcendeu as fronteiras do Brasil.
Mário de Andrade foi a figura central do movimento de vanguarda de São Paulo por vinte anos.

MÁRIO DE ANDRADE
CENTENÁRIO DE NASCIMENTO


CÉDULA
MÁRIO DE ANDRADE


domingo, 24 de fevereiro de 2013

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DO BRASIL

A elaboração da constituição brasileira de 1891 iniciou-se em 1889. Após um ano de negociações, a sua promulgação ocorreu em 24 de fevereiro de 1891. Esta constituição vigorou durante toda a República Velha e sofreu apenas uma alteração em 1927.
No início de 1890, iniciaram-se as discussões para a elaboração da nova constituição, que seria a primeira constituição republicana e que vigoraria durante toda a Primeira República. Após um ano de negociações com os poderes que realmente comandavam o Brasil, a promulgação da constituição brasileira de 1891 aconteceu em 24 de Fevereiro de 1891. Os principais autores da constituição da Primeira República foram Prudente de Morais e Rui Barbosa.
O regime de governo escolhido foi o presidencialismo. O mandato do presidente da República, eleito pelo voto direto, seria de quatro anos, sem direito à reeleição para o mandato imediatamente seguinte, sem contudo haver impedimentos para um mandato posterior. Tanto é que Rodrigues Alves foi o primeiro e único presidente a ser eleito duas vezes  no Brasil (1902 e 1918) sem o artifício da releição – apesar de não ter assumido por morrer às vésperas da posse por gripe espanhola.

PRUDENTE DE MORAES E CAMPOS SALES


RUI BARBOSA


Rodrigues Alves foi o primeiro e único presidente a ser eleito duas vezes  no Brasil (1902 e 1918) sem o artifício da releição.

BANDEIRA DA ESTÔNIA

A bandeira nacional da Estônia contém três listras horizontais iguais de azul (no topo), preto e branco.
O tamanho normal é de 105 × 165 cm.
Surgiu pela primeira vez aos olhos do público como a bandeira da Associação de Estudantes da Universidade Estoniana na Universidade de Tartu (em estoniano Tartu Ülikool, fundada em 1632), consagrada no salão do pastoriato de Otepää a 4 de Junho de 1884. Mais tarde ficou associada ao nacionalismo estoniano e foi usada como bandeira nacional quando a Estónia se tornou independente a 24 de Fevereiro de 1918. Foi formalmente adoptada a 21 de Novembro de 1918.
A interpretação inicial das cores era a seguinte:
  • O azul simboliza o céu, os lagos e o mar da Estónia e simboliza a lealdade às ideias nacionalistas.
  • O negro é a cor da terra do país e do manto nacional;
  • O branco é a esperança do povo na felicidade e na luz.


+
BANDEIRA E MOEDA DA ESTÔNIA
(E/D 2ª FILA)

BANDEIRA DO MÉXICO

A Bandeira do México é uma tricolor vertical com verde, branco e vermelho com o brasão nacional do México colocado no centro da faixa central. Apesar do significado das cores ter mudado com o tempo, estas três cores foram adoptadas pelo México logo após a conquista da independência relativamente à Espanha. A bandeira actual foi adoptada em 1968, mas o desenho global tem sido usado desde 1821 quando foi criada a primeira bandeira do México. A actual lei dos símbolos nacionais, que regulamenta o uso da bandeira mexicana encontra-se em vigor desde 1984.

BANDEIRA DO MÉXICO
VISITA DO PRESIDENTE
LUIS ECHEVERRIA ALVAREZ
(24/7/1974)

sábado, 23 de fevereiro de 2013

BÍBLIA DE GUTENBERG

A Bíblia de Gutenberg é o incunábulo impresso da tradução em latim da Bíblia, por Johann Gutenberg, em Mainz, também conhecida em português como Mogúncia, Alemanha. A produção da Bíblia começou no dia 23 de fevereiro de 1450, tendo Gutenberg usado uma prensa de tipos móveis. Calcula-se que tenha terminado em 1455. Essa Bíblia é considerada o incunábulo mais importante, pois marca o início da produção em massa de livros no Ocidente.
Uma cópia completa desta Bíblia possui 1282 páginas, com texto em duas colunas; a maioria era encadernada em dois volumes. A Bíblia contém 73 livros, dividida em Antigo Testamento e Novo Testamento. Acredita-se que 180 cópias foram produzidas, 45 em pergaminho e 135 em papel. Elas foram impressas, rubricadas e iluminadas à mão em um período de três anos.

Incunábulo é um livro impresso nos primeiros tempos da imprensa com tipos móveis. A popularização da imprensa começa a ser mais percebida em 1450, com Gutenberg. Os livros publicados de 1450 a 1500 levam o nome de incunábulos. Trata-se de livros que imitavam o manuscrito. Assim, demorou-se 50 anos para que o livro impresso passasse a ter suas próprias características, abandonando, paulatinamente, as características do livro manuscrito.
A sua origem vem da expressão latina in cuna (no berço), referindo-se assim ao berço da tipografia.
Refere-se às obras impressas entre 1455, data aproximada da publicação da Bíblia de Gutenberg, até 1500
Existem incunábulos em dezoito idiomas, em ordem decrescente, Latim, Alemão, Italiano, Francês, Holandês, Espanhol, Inglês, Hebreu, Catalão, Checo, Grego, Eslavo, Português, Sueco, Bretão, Dinamarquês, Frísio e Sardo.

BÍBLIA DE GUTENBERG


GUTENBERG


GUTENBERG
MOEDA

DIA NACIONAL DO ROTARIANO

O Lions Clube de Lorena e o Clube Filatélico e Numismático de Lorena parabenizam o transcurso do Dia Nacional do Rotariano. Através de Lei Federal, de número 6.843, do dia três de novembro de 1980, foi instituído o Dia Nacional do Rotary no Brasil, comemorado sempre no dia 23 de fevereiro, em razão de ser esse o dia da fundação do Rotary International, no ano de 1905.


ROTARY CLUBE

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

VICTOR BRECHERET

Victor Brecheret nasceu em Farnese(Itália) no dia 22 de fevereiro de 1894 e morreu em  São Paulo(Brasil) no dia 17 de dezembro de 1955.  Grande escultor ítalo-brasileiro, considerado um dos mais importantes do país. É responsável pela introdução do modernismo na escultura brasileira. Sua figura ficou marcada pela boina que costumava vestir, ressaltando uma imagem tradicional do "artista".
Nascido "Vittorio Breheret" (sem a letra 'c' no sobrenome) numa pequena localidade não distante de Roma, filho de Augusto Breheret e Paolina Nanni, esta última falecida quando o pequeno Vittorio tinha apenas seis anos de idade. Foi abrigado pela família do tio materno, Enrico Nanni, e com sua família emigrou para o Brasil ainda na infância.
No Brasil, tornou-se "Victor Brecheret" e já com mais de trinta anos de idade recorreu à Justiça para inscrever seu registro nascimento tardiamente no Registro Civil do Jardim América (município de São Paulo). Assim Brecheret consolidava a sua nacionalidade brasileira, embora tivesse nascido na Itália. Este tipo de "regularização" era muito comum entre imigrantes italianos na primeira metade do século XX no Brasil.
BLOCO
MONUMENTO AS BANDEIRAS
HOMENAGEM AO ESCULTOR VICTOR BRECHERET

SELO DO BLOCO
MONUMENTO AS BANDEIRAS
HOMENAGEM AO ESCULTOR VICTOR BRECHERET

BLOCO
20ª BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO
CENTRO OBRA DE VICTOR BRECHERET

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

BATALHA DE MONTE CASTELO

A Batalha de Monte Castelo foi travada ao final da Segunda Guerra Mundial, entre as tropas aliadas e as forças do Exército Alemão, que tentavam conter o seu avanço no Norte da Itália. Esta batalha marcou a presença da Força Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito. A batalha arrastou-se por três meses, de 24 de novembro de 1944 a 21 de fevereiro de 1945, durante os quais se efetuaram seis ataques, com grande número de baixas devido a vários fatores, entre os quais as temperaturas extremamente baixas. Quatro dos ataques não tiveram êxito, por falhas de estratégia.


TOMADA DE MONTE CASTELO

COBRA FUMANDO

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

CAN - CORREIO AÉREO NACIONAL

Dia da Criação do CAN [Correio Aéreo Nacional], a partir da fusão do Correio Aéreo Militar [então mantido pelo Exército Brasileiro] com o Correio Aéreo Naval [então mantido pela Marinha do Brasil], que passou a ser controlado pela Força Aérea Brasileira através do COMGAR [Comando-Geral de Operações Aéreas], pela portaria Nº 47 de 20 de fevereiro de 1941. O então Major Eduardo Gomes, Comandante do Grupo Misto de Aviação, foi um dos mentores do Serviço Postal Aéreo Militar, primeiro nome do Correio Aéreo Militar (CAM), que, só depois, virou Correio Aéreo Nacional.

GENERAL EDUARDO GOMES


SELO FANTASIA DE PROPAGANDA OU
BAILARINA

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

BATALHAS DOS GUARARAPES

As Batalhas dos Guararapes foram duas batalhas travadas entre as tropas invasoras neerlandesas e os defensores fieis ao Império Português no Morro dos Guararapes, atual município de Jaboatão dos Guararapes, ao Sul do Recife, no estado de Pernambuco, no Brasil.
Por terem sido vencidas pelos portugueses destacam-se como episódios decisivos na Insurreição Pernambucana, que culminou no término das Invasões holandesas do Brasil, no século XVII. A assinatura da capitulação deu-se em 1654, no Recife, de onde partiram os últimos navios holandeses em direção à Europa.
A primeira batalha ocorreu em 19 de abril de 1648, e a segunda em 19 de fevereiro de 1649.

BATALHA   DOS   GUARARAPES


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

FAGUNDES VARELLA

Luís Nicolau Fagundes Varella nasceu em Rio Claro(RJ)  no dia 17 de agosto de 1841 e morreu em  Niterói(RJ) no dia  18 de fevereiro de 1875. Grande poeta brasileiro, patrono da cadeira número 11da Academia Brasileira de Letras. Filho do magistrado Emiliano Fagundes Varella e de Emília de Andrade, ambos de ricas famílias cariocas. Teve dois casamentos e quatro filhos todos falecidos prematuramente. Embriagando-se e escrevendo, faleceu ainda jovem, vivendo à custa do pai, passando boa parte do tempo no campo, seu ambiente predileto.
Fagundes Varella morreu com 34 anos de idade.

FAGUNDES VARELLA

MICHELANGELO

Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni nasceu em Caprese no dia 6 de Março de 1475 e morreu em Roma no dia 18 de Fevereiro de 1564. Conhecido simplesmente como Michelangelo foi um pintor, escultor, poeta e arquiteto italiano, considerado um dos maiores criadores da história da arte do ocidente.

MICHELANGELO

MARTINHO LUTERO

Martinho Lutero nasceu em Eisleben(Alemanha) no dia 10 de novembro de 1483 e morreu em Eisleben no dia 18 de fevereiro de 1546.  Foi  sacerdote católico agostiniano e professor de teologia germânico que foi figura central da Reforma Protestante. Que ficando contra os conceitos da Igreja Católica veementemente contestando a alegação de que a liberdade da punição de Deus sobre o pecado poderia ser comprada, confrontou o vendedor de indulgências Johann Tetzel com suas 95 Teses em 1517. Sua recusa em retirar seus escritos a pedido do Papa Leão X em 1520 e do Imperador Carlos V na Dieta de Worms em 1521 resultou em sua excomunhão pelo Papa e a condenação como um fora-da-lei pelo imperador do Sacro Império Romano.

MARTINHO LUTERO

BANDEIRA DE GÂMBIA

A bandeira nacional da Gâmbia consiste de de três faixas horizontais, de vermelho, azul e verde; as três faixas estão separadas por duas faixas menores de branco; a proporção entre todas é de seis partes de vermelho e verde, quatro de azul, e duas de branco. O vermelho no topo simboliza o sol, bem como a savana típica do país; o azul simboliza o rio Gâmbia que corre ao longo do país e que dá o nome à nação; o verde simboliza a terra e as florestas do país; por fim, as duas faixas brancas representam a paz.
A bandeira foi oficialmente adoptada em 18 de Fevereiro de 1965, dia da independência do país face ao Reino Unido.

BANDEIRA DE GÂMBIA

DOM JAIME DE BARROS CÂMARA

 O Papa Pio XII  no dia 18 de fevereiro de 1946 presidiu  Consistório que nomeou 32 cardeais, dentre os quais os brasileiros Jaime de Barros Câmara e Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, e o português Teodósio Clemente de Gouveia.
Dom Jaime de Barros Câmara morreu no mesmo dia 18 de fevereiro de 1971 em Aparecida (SP) exatamente 25 anos após sua nomeação como Cardeal e está sepultado na nova Catedral do Rio de Janeiro.

PAPA PIO XII


domingo, 17 de fevereiro de 2013

PIXINGUINHA

Alfredo da Rocha Viana Filho, conhecido como Pixinguinha nasceu no Rio de Janeiro no dia 23 de abril de 1897 e morreu no Rio de Janeiro no dia 17 de fevereiro de 1973. Grande flautista, saxofonista, compositor e arranjador brasileiro. Pixinguinha é considerado um dos maiores compositores da música popular brasileira, contribuiu diretamente para que o choro encontrasse uma forma musical definitiva.

Alfredo da Rocha Viana Filho
Pixinguinha

Filatelia - somatória de Arte, Educação, Cultura, Lazer e Terapia. (J.A.B.F.)

sábado, 16 de fevereiro de 2013

CURIOSIDADES

Você sabia... que o primeiro selo homenageando Rui Barbosa foi lançado em 1924?

Rui Barbosa

Você sabia... que o primeiro mandatário em visita ao Brasil homenageado com um selo foi o Rei Alberto da Bélgica em 1920?


Rei Alberto da Bélgica / Presidente Epitácio

Você sabia... que o primeiro selo emitido em comemoração aos feitos de Santos Dumont ocorreu em 1929?



SANTOS DUMONT

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

CAMPOS SALES

Manuel Ferraz de Campos Sales nasceu em Campinas no dia 15 de fevereiro de 1841 e morreu em Santos no dia 28 de junho de 1913. Grande advogado e político brasileiro, segundo presidente do estado de São Paulo, de 1896 a 1897 e o quarto presidente da República, entre 1898 e 1902.
Campos Sales recebeu o apelido de Campos Selos, por causa do imposto do selo, sendo vaiado ao deixar a presidência também por causa de sua política de ajuste financeiro que incluíra a retirada de circulação de papel-moeda, o que dificultou o consumo interno e o comércio, política econômica essa que fora mal compreendida pela população brasileira.
Campos Sales governou até 15 de novembro de 1902, e conseguiu fazer seu sucessor, elegendo, em 1 de março de 1902, o Conselheiro Rodrigues Alves, paulista, como presidente da república, e como vice-presidente, o mineiro Silviano Brandão, que faleceu, sendo substituído por outro mineiro, o Conselheiro Afonso Pena.


PRUDENTE DE MORAES E CAMPOS SALES

 CAMPOS SALES
SPECIMEN

 CAMPOS SALES



 CAMPOS SALES
CÉDULA


PRESIDENTE RODRIGUES ALVES